Pesquisar neste blog

terça-feira, 20 de abril de 2010

ESTRATÉGIA: A TRAPAÇA

A vida é como um jogo de xadrez: ou você perde, ou você ganha.
Lastimável será um empate... porque no xadrez da vida nós não obedecemos as regras do tabuleiro. E quando não há regras, há trapaças... seu adversário adora trapaças.
No inicio do jogo você deverá conter todas as informações sobre ele, por favor não se engane e CUIDADO com as esperanças... elas são venenos doces.
A partida começa quando você se sente confiante... então você parte para o ataque, mas você se ilude quando ver que ele não retribuiu, ao contrário ele ficou na defesa para te seduzir com seu doce veneno, que tanto te encanta. Neste jogo não haverá nenhum valor enquanto as peças menores são derrotadas, você está encantada, não adianta tentar resistir, é um poder maior do que você pode controlar. As únicas peças que te importa são os Reis, PARA VOCÊ! Ele não pensa assim...
É quando em um ataque surpresa, matando todos seus sonhos, quebrando o encanto, desafiando-te para a morte, é surgindo tudo o que você não esperava... a trapaça.
Você pensou que poderia vencer, mesmo encantada...
Mas ele moveu a peça errada, e matou com um ataque, os dois Reis!
TUDO ESTÁ ACABADO, NÃO HÁ MAIS JOGADAS, NÃO HÁ MAIS DESAFIOS.
VOCÊ CONFIOU EM SUAS ESPERANÇAS E EM SEUS SONHOS, MAS VOCÊ OS VIU SUCUMBIREM. EIS O CRIME DA DECEPÇÃO!
Quando seu adversário a fez, ele se suicidou.
Mas para você a decepção foi em dobro, seus sonhos foram mortos junto com seu adversário que um dia foi seu herói. E a verdade é que nunca executamos mentalmente a hora do adeus. Ela te surpreende e tudo que é novo é mais duvidoso que o comum... são expectativas medonhas.
Depois do fim resta os fantasmas que te entorpece com as esperanças mortas que te fez perder!


Palavras finais
: Não se iluda com o pouco de esperança que uma pessoa possa te transmitir. É claro, nunca deixe de tentar, pois só nos arrependemos do que não fazemos... Mas quando você decidir ir contra todos por um simples objetivo, veja se realmente vale a pena. São as coisas mais simples da vida que mais valem a pena, as que estão dificultadas estão contidas em um profundo segredo do qual você terá que driblar tudo e todos para conseguir a pista. Se esta pista for valiosa siga em frente e não tema, desafie a si mesmo... se você recuar ou julgar por palavras arrependimento então direi que honra não tendes. Palavras são insanas!
Busque o perigo sem se enganar com as esperanças, suas boas intenções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário